25 de dezembro de 2016

Dia 25: Vamos continuar a quebrar o ciclo da pobreza em 2017. Fique connosco nesta aventura! MUITO OBRIGADO E FELIZ NATAL!


Abrimos o ano de 2016 com um recorde de €331 mil angariados em parceria com a nossa associada A Little Gesture UK. Num ano de seca pronunciada e miséria generalizada em Moçambique, a UPG esteve no terreno com investimento profundo, visitas locais e muita presença de voluntários. E com o apoio dos vossos fundos.

Desde Janeiro, os vossos donativos escolheram maioritariamente três projetos, o de Alimentação Escolar SLM (35%), o das Pré-Escolas (11%), uma área favorita dos Amigos UPG há já vários anos e o Centro de Dia HIV (10%),

Em 2016 investimos cada vez mais em educação académica e profissional, expandimos o saneamento básico com 13 latrinas e aumentámos o apoio a crianças com HIV. Desenvolvemos um programa muito desejado ao ajudar 11 mamãs com geração de rendimento. Ao fechar um ano de forte crise no país, fortalecemos as cestas básicas dos afilhados UPG e estamos prestes a lançar uma pré-escola nova em SVP. Ficamos orgulhosos de bolseiros como o Eduardo e o Joaquim que se formaram na universidade e simbolizam a nossa certeza de que cada criança mesmo de origens carenciadas, pode ter um futuro melhor.

Em 2017 queremos continuar a crescer. Apostamos no passa-a-palavra e campanhas de angariação de fundos entre Amigos e Empresas UPG. Procuramos aplicar perto de 90c por euro doado no terreno, uma política de custos estrita e ambiciosa para utilizar eficientemente o máximo dos seus donativos no terreno com crianças.

MUITO OBRIGADO a todos que permitem realizar o sonho da UPG de melhorar as vidas de crianças, famílias, jovens e idosos em Moçambique. Todo o Pequeno Gesto Ajuda! 


A UPG oferece este calendário festivo a todos os Amigos UPG desde 2011. Este ano, pode ainda imprimir uma versão por apenas 0.50€!

24 de dezembro de 2016

Dia 24: Desafios UPG que continuam a dar bons frutos!

Os Desafios UPG continuam a ser surpreendentes. Este ano vimos amigos UPG a Celebrar em Grande e a dedicarem a sua festa de aniversário aos pequeninos da Pré-escola ESC ou a Virgínia C que, mais uma vez, para celebrar o seu aniversário a Virgínia decidiu, angariar dinheiro para financiar a palhota da Vóvó Maria.
Obrigado a todos estes Amigos UPG pela iniciativa e força para apoiar a nossa causa! Entre amigos e familia em ambiente de festa, a estimular a competição entre turmas de uma escola, ou apenas a passar uma tarde divertida numa empresa com forte responsabilidade social, os Desafios UPG dão a estes embaixadores UPG a oportunidade de angariar fundos enquanto se dedicam a uma iniciativa generosa, dinâmica e tantas vezes divertida.

Exemplos para si não faltam. Quer organizar um Desafio UPG - Gourmet Solidário, Atleta por uma Boa Causa ou Celebre em Grande? A UPG ajuda a organizar e a tornar o seu Desafio um sucesso! Contacte-nos em desafios@umpequenogesto.org.

A UPG oferece este calendário festivo a todos os Amigos UPG desde 2011. Este ano, pode ainda imprimir uma versão por apenas 0.50€!

23 de dezembro de 2016

Dia 23: Para os mais pequenos vamos apostar numa educação em grande!

A visita da Direcção da UPG a Moçambique fica sempre marcada por diversos sentimentos e decisões. Mas este ano houve uma decisão particularmente feliz. Decidimos abrir mais uma pré escola, esta em SVP, para isso laçamos uma campanha de Natal com este objectivo. Com apenas 64€ no sapatinho está a contribuir para que 1 pequenino, dos 3-5 anos, possa frequentar a nova pré-escola. Um universo de 30 crianças muito carenciadas vão poder ter acesso gratuito à educação pré-escolar, uma refeição diária e muito, muito carinho.

Apoiando a nova pré escola SVP com a UPG, está a dar a estas crianças a oportunidade de um futuro melhor.

A UPG oferece este calendário festivo a todos os Amigos UPG desde 2011. Este ano, pode ainda imprimir uma versão por apenas 0.50€!

22 de dezembro de 2016

Dia 22: Estudar pode ser tão divertido!

Em SLM, na Sala de Apoio ao Estudo, o mano Cristóvão ajuda os afilhados da UPG a aprenderem as lições de forma criativa e divertida. As matérias são dadas previamente para quando as crianças forem assistir às aulas, já vão preparadas. No quadro, o Cristóvão divide as matérias consoante as classes, de um lado os mais velhos, no outro os mais novos. Quando há testes, há sessão de perguntas e respostas para garantir que todos estão bem preparados. Antes de começar, todos fazem exercícios de relaxamento e cantam músicas alegres para estarem bem despertos e atentos. No final, um lanche entre todos com direito a biscoitos chá ou sumo. Os aproveitamentos melhoraram praticamente todos e até há alunos externos que assistem às aulas, simplesmente porque estudar passou a ser muito mais divertido!
A UPG oferece este calendário festivo a todos os Amigos UPG desde 2011. Este ano, pode ainda imprimir uma versão por apenas 0.50€!

21 de dezembro de 2016

Dia 21: Obrigado Voluntários UPG!

Este ano, o Ricardo, a Ana, o Nuno, o Bernardo, o Filipe e a Adriana viajaram até Moçambique para poder ajudar quem mais precisa. Deixaram a família e os amigos e do seu próprio bolso custearam as despesas numa viagem cuja missão era a de colaborar nos projectos da UPG, partilhando o que soubessem e aprendendo com quem também tem tanto para ensinar. Em SLM e SVP, mais de 400 crianças apadrinhadas beneficiaram com a presença dos manos em brincadeiras, conversas, apoio ao estudo, ioga do riso e semanas desportivas.
A UPG contou também com a visita ao terreno de uma das Embaixadoras da ALG no Reino Unido, a Madalena, que aproveitou as suas férias para visitar Moçambique e alguns projectos para os quais se dedica na angariação de fundos.
A estes voluntários, e aos mais de 30 que este ano colaboraram com a UPG em eventos como a linha Mz, ou apoiam a Sede com base de dados, envio de informações aos padrinhos e ajuda com mais de 800 postais de afilhados duas vezes por ano, o nosso mais sincero OBRIGADO, KHANIMAMBO!

A UPG oferece este calendário festivo a todos os Amigos UPG desde 2011. Este ano, pode ainda imprimir uma versão por apenas 0.50€!

20 de dezembro de 2016

Dia 20: Segundas oportunidades que valem a pena!

O Maurício pertenceu ao Programa de Apadrinhamento da UPG na Escolinha do André, em Xai Xai mas foi retirado do Programa em 2014 por não estar a frequentar a Escola como devia. No final do ano de 2015, a UPG ficou muito contente por saber que o Maurício não tinha deixado de estudar e estava a frequentar o Curso Técnico de 2 anos de Técnicas Laboratoriais em Chicumbane. Por ter voltado a estudar, a UPG decidiu dar-lhe uma segunda oportunidade como Bolseiro UPG e apoiá-lo novamente nos seus estudos. Graças à Câmara Municipal de Cascais, foi possível custear as despesas de material escolar e transporte. O Maurício tem tido excelentes resultados, com média de 16 valores e está agora a fazer um estágio no Centro de Saúde da Macia. Ficamos muito contentes por lhe termos dado esta oportunidade e muito orgulhosos com o seu desempenho, sobretudo porque está também a ajudar quem mais precisa!

As Bolsas Universitárias e Técnicas UPG oferecem a jovens estudantes dedicados mas carenciados com o Maurício a oportunidade de completar estudos universitários.
Em 2016 a UPG apoiou 11 estudantes dedicados e empenhados em seguir os seus sonhos nos cursos de Direito, Contabilidade, Engenharia e Processamento mineral, Engenharia e Processamento de alimentos e Administração e Gestão Escolar. As bolsas UPG realizam um sonho e mudam vidas para sempre

A UPG oferece este calendário festivo a todos os Amigos UPG desde 2011. Este ano, pode ainda imprimir uma versão por apenas 0.50€!

19 de dezembro de 2016

Dia 19: Documentário “Tales of Resilience”

A UPG recebeu em Agosto, no terreno, dois voluntários muito especiais, o Niko e o Mattia. Os dois embarcaram nesta aventura para filmarem um documentário profissional sobre o trabalho da UPG e sobre as crianças que beneficiam com o nosso trabalho. Entre outras crianças acompanharam de perto a vida do Arone e da Racília. 

A Racília continua a fazer bolinhos e a vendê-los para conseguir aliviar as despesas de casa, pagando o chapa para a escola. A Racília passou para a 12ª classe. Está cada vez mais perto de realizar o seu sonho e tornar-se enfermeira. 

O Arone é um exemplo contrário ao de muitas crianças infetadas com HIV e sem assistência em Moçambique. As suas avaliações espelham a dedicação que tem aos estudos e a sua perseverança fá-lo chegar mais longe e sonhar com um futuro. Diferente ao de tantos outros e sem a doença como um obstáculo.


O resultado deste documentário, está quase ai…estamos ansiosos por ver. Fiquem atentos!!

A UPG oferece este calendário festivo a todos os Amigos UPG desde 2011. Este ano, pode ainda imprimir uma versão por apenas 0.50€!

18 de dezembro de 2016

Dia 18: Em SLM as crianças já não vão comer no chão!

A construção do novo Refeitório Escolar em SLM foi muito desejada, mas sofreu alguns percalços com atrasos na finalização das obras. Mas finalmente anunciamos que está pronto e a brilhar!!
Agora que todos os dias dão de caras com janelas alegres e vidros novinhos, o mais recente divertimento das nossas crianças é passarem horas a olhar-se ao espelho. Muitas só dão conta de que saíram despenteadas de casa quando aqui chegam. O furor é tanto que, há hora do almoço o guarda da escola, vem a correr guardar os vidros!
Diariamente em SLM, c. 800 Crianças almoçavam sentadas no chão, debaixo de uma árvore, sujeitas ao pó e à terra que se levantam cada vez que há uma rajada de vento. Em dias de chuva, a logística obrigava a que as crianças comessem dentro das salas de aula, ou debaixo dos telheiros, sentadas no chão.
As obras tiveram início no final de Junho de 2015 e o novo Refeitório ganhou vida em meados de Setembro, com o equipamento a ser adquirido antes deste Natal. As nossas crianças passaram a usufruir de condições dignas e saudáveis durante o período das refeições, invertendo a situação atual de comer no chão e criando hábitos de higiene e sociabilidade. 

Apoie a Alimentação Escolar em SLM e melhore drasticamente a qualidade de vida diária de 800 crianças – leve uma Grande Ajuda a Moçambique! Contacte-nos para mais detalhes.
A UPG oferece este calendário festivo a todos os Amigos UPG desde 2011. Este ano, pode ainda imprimir uma versão por apenas 0.50€!

17 de dezembro de 2016

Dia 17: Barrigas cheias aprendem melhor!

As Salas de Apoio ao Estudo UPG são espaços educativos para apoio académico a jovens em idade escolar, em horário pós-escolar e de acesso grátis, em comunidades desfavorecidas e com pobre escolaridade.


Em 2016 a UPG decidiu reforçar o lanche em SVP, passando a oferecer uma refeição composta por arroz e feijão. Em SLM, o lanche varia entre pão ou bolachas e sumo uma vez que as crianças também beneficiam do Programa de Alimentação Escolar também financiado pela UPG.

Com €993 em SLM (Santa Luísa de Marillac) e €2.564 em SVP (São Vicente Paulo) – média €13 aluno/ano - a UPG financia monitores para o acompanhamento pós-escolar, com reforço no português e matemática, materiais ocasionais e um lanche diário, factor essencial para garantir a assiduidade.


Nas Salas de Apoio ao Estudo, muita coisa aconteceu ao longo deste ano! A nossa voluntária Mana Adriana dinamizou e ensinou às nossas crianças muitas coisas diferentes e divertidas. Em Santa Luísa, enquanto se lanchava, falou-se sobre cuidados de saúde e higiene básicos, que ajudam a prevenir muitas doenças. Em S. Vicente, onde oferecemos um almoço quentinho, explorou-se a criatividade e fizeram-se desenhos de animais a partir de moldes que são as próprias mãos. O resultado só podia ser um: muitos sorrisos!

A UPG oferece este calendário festivo a todos os Amigos UPG desde 2011. Este ano, pode ainda imprimir uma versão por apenas 0.50€!

16 de dezembro de 2016

Dia 16: O Centro de Dia HIV e a esperança num Futuro Melhor!

Viver no centro de dia UPG é uma esperança num futuro melhor, que para muitos lhes foi negada. A Azélia Cuna é um exemplo disso. Tem 11 anos e está no 5º ano. Vive com a Mãe e com os 3 irmãos mais velhos (2 rapazes e 1 rapariga). Entrou para o Centro de Dia em 2013, onde gosta de estar, principalmente por causa da alimentação, dos amigos e de jogar à bola. Em casa não tem água canalizada nem eletricidade. A mãe trabalha numa machamba a 1 hora de distância. Antes de estar no Centro Dia, tinha muitos problemas de saúde, muitas dificuldades em respirar, muitas dores de cabeça, tonturas quando tomava os comprimidos. Em 2013 tudo melhorou! Agora a Azélia é uma menina feliz com boas notas, vai às atividades do centro de dia, ajuda nas tarefas diárias e tem um bom comportamento nas aulas. Nos tempos livres é uma criança alegre e brinca muito com os colegas.


O maior sonho dela é ser religiosa! Gostava muito da Irmã Sidónia que a acompanhou no Centro até meados de 2016 e graças a ela tem como sonho um dia ser freira.

A UPG oferece este calendário festivo a todos os Amigos UPG desde 2011. Este ano, pode ainda imprimir uma versão por apenas 0.50€!

15 de dezembro de 2016

Dia 15: A Única Refeição do Dia em SLM

O Muchaque Vuma tem 8 anos e frequenta a Escola de SLM no período de manhã. É uma criança pobre e feliz no dia-a-dia. Embora não pertença ao Programa de Apadrinhamento da UPG, o Muchaque é uma das 800 crianças que beneficia do Programa de Alimentação Escolar que fornece 1 refeição diária a todos os alunos da Escola de SLM.


No início do ano estava magro, pois a seca tem afetado gravemente as famílias do Distrito de Chokwé, não permitindo a agricultura que permanece como principal fonte de rendimento das famílias.

Agora, o Muchaque demonstra bom desenvolvimento e boa saúde, segundo ele às vezes não almoça em casa, costuma comer aqui na escola e “gosta muito das refeições de SLM porque têm maior quantidade do que a de casa”.

O Programa de Alimentação Escolar da UPG surgiu como uma resposta de emergência após as cheias de 2013 que devastaram a região do Chokwé. Desde então, a UPG tem feito um grande esforço em angariar fundos para manter este projecto, pois apesar dos custos elevados, o impacto positivo é ainda maior. Num contexto pobre e vulnerável, agravado pela forte seca que se tem vindo a sentir, o Programa de Alimentação Escolar tem sofrido com não só com o aumento dos produtos locais, mas também com o consumo das próprias crianças, pois para muitas, esta é a sua única refeição do dia.

Com a ajuda de todos e com apenas 5€ por mês, a UPG consegue fornecer gratuitamente uma refeição diária, combater o abandono escolar e incentivar a igualdade do género ao aliviar a fome de crianças como Muchaque.


A UPG oferece este calendário festivo a todos os Amigos UPG desde 2011. Este ano, pode ainda imprimir uma versão por apenas 0.50€!

14 de dezembro de 2016

Dia 14: Quando a criatividade supera tudo!

Apesar da extrema pobreza e de uma realidade completamente diferente da nossa, criança quando é criança encontra todas as formas para brincar. A criatividade impera, os nossos meninos são tão criativos, que na falta de brinquedos tradicionais eles inventam-nos e fazem – Snooker by Nelson Sitoe!!!

A UPG oferece este calendário festivo a todos os Amigos UPG desde 2011. Este ano, pode ainda imprimir uma versão por apenas 0.50€!

13 de dezembro de 2016

Dia 13: Galinhas de Pernas para o Ar!

Ao longo de 2016, a seca que se tem feito sentir em algumas zonas de Moçambique agravou ainda mais as condições de vida das famílias. O cultivo das machambas familiares (pequenas hortas) permite a muitas famílias da região o pouco rendimento que conseguem ter. Esta situação forçou a que a UPG tomasse algumas medidas de emergência. Desde Junho que as Cestas Básicas entregues ás famílias das Crianças apadrinhadas passaram a incluir, mensalmente, uma fonte de proteína: nalguns casos frango, noutros casos sardinha alternado com frango. Para muitas famílias locais, esta é a única fonte mais consistente que lhes e permitida durante todo o mês. E que alegria no dia de distribuição das galinhas, centenas a tentar voar com as pernas presas por crianças animadas! 

A UPG oferece este calendário festivo a todos os Amigos UPG desde 2011. Este ano, pode ainda imprimir uma versão por apenas 0.50€!

12 de dezembro de 2016

Dia 12: A mamã Noémia orgulhosa da sua banca e casa nova!

As visitas da Equipa UPG ao terreno resultam sempre em histórias e testemunhos que nos enchem de orgulho e que não podemos deixar de partilhar com quem nos apoia e acredita no nosso trabalho.

A mamã Noémia, mãe da nossa afilhada Talita, é seropositiva mas acompanhada e em tratamento desde 2013. Por causa do seu estado de saúde muito frágil, a mamã Noémia apenas fazia pequenos biscates de limpeza, lavar roupa e outros trabalhos mais leves, não muito rentáveis mas suficientes para a ajudar no sustento dos seus 4 filhos. Depois das cheias de 2013, a mamã começou a ser apoiada pelo projecto de Geração de Rendimentos em S. Vicente de Paulo, uma pequena ajuda financeira que pudesse servir para avançar com um pequeno negócio de venda local. Hoje, 3 anos depois, na visita da Equipa UPG ao terreno, fomos surpreendidas pelo que esta mamã já conseguiu: graças ao sucesso do seu negócio de venda, a mamã Noémia conseguiu começar a construção de uma casa para a sua família. Embora ainda não esteja concluída, esta mamã é um exemplo de luta e por isso a UPG aprovou ajudar de novo esta mamã com materiais para terminar a casa e melhorar a vida desta família.

O Projecto de Geração de Rendimentos em S. Vicente de Paulo foi lançado com as receitas das primeiras sementeiras distribuídas pela UPG para a machamba escolar de SVP, logo após as cheias de 2013. Depois de retirados alguns alimentos para reforçar o almoço no apoio ao estudo, parte das receitas desta machamba, revertem para estes pequenos negócios das nossas mamãs e, desde 2013 já beneficiou 12 mamãs e todas elas são verdadeiros exemplos e motivo de orgulho para a UPG!
2016 ficou marcado por muitas novidades, uma delas um projecto muito quero para a UPG: o relançamento da geração de rendimentos para 11 "mamãs" de afilhados UPG.

Estas mamãs (e dois papás) são verdadeiros empreendedores, a quem a UPG ajuda a financiar pequenos negócios individuais, familiares ou comunitários, a fim de fomentar o empreendedorismo junto das comunidades rurais e contribuir para a independência económica familiar.

Apoiar a geração de rendimentos é contribuir para a melhoria das condições de vida de várias famílias. 

A UPG oferece este calendário festivo a todos os Amigos UPG desde 2011. Este ano, pode ainda imprimir uma versão por apenas 0.50€!

11 de dezembro de 2016

Dia 11: Alvará à vista para o novo Centro de Informática!

Lembram-se do Centro de Tecnologia e Informática do nosso “mano” Arnaldo? Foi um projeto inovador de Geração de Rendimentos, financiado pela UPG há 2 Natais com o apoio da Randstad e do Instituto Camões. O projeto deste jovem ambicioso e muito trabalhador está em processo de legalização e licenciamento para se tornar um Centro de Formação, reconhecido pelo Instituto Nacional de Emprego e Formação Profissional!

Já foram dados os primeiros passos para obter o alvará do Centro e acreditamos que, já em 2017, o CTI possa beneficiar ainda mais jovens com a certificação do INEFP. O Centro é procurado por jovens que queiram realizar um curso de informática por forma a valorizar o seu currículo e adquirir competências na área das novas tecnologias. Apesar da enorme carência económica da região, a informática é pedida em vários postos de trabalhos locais como assistente de loja ou de secretaria.

A Geração de Rendimentos UPG financia pequenos negócios individuais, familiares ou comunitários, a fim de fomentar o micro empreendedorismo junto das comunidades rurais e contribuir para a independência económica familiar.

A UPG oferece este calendário festivo a todos os Amigos UPG desde 2011. Este ano, pode ainda imprimir uma versão por apenas 0.50€!

10 de dezembro de 2016

Dia 10: O Nataniel espalha sorrisos no Centro de Dia HIV

Nas últimas semanas, o Centro de Dia ganhou um novo menino! O Nataniel tem 7 anos e chegou ao Centro de Dia em Outubro por ser um menino com HIV e que carece de muito apoio. Com a crise e seca que se faz sentir, a mãe do Nataniel, também seropositiva, teve de procurar outros trabalhos para poder cuidar dos seus 3 filhos. O marido faleceu e a mãe é a única fonte de rendimento da família. O Nataniel e a mãe são acompanhados no Hospital do Carmelo, das Irmãs Vicentinas Filhas da Caridade. Agora que ele foi integrado no Centro de Dia, onde tem uma alimentação cuidada, acesso à escola, e pode brincar e estar com outros meninos, o Nataniel mostra todos os dias um enorme sorriso.

Quando chegou ao Centro, o Nataniel não falava português, apenas o dialeto local “changana”. Tinha muita vergonha, era tímido, brincava pouco com as outras crianças e mostrava ficar ainda mais isolado por não falar a língua oficial. Agora está a aprender português para poder ser admitido na 1ª classe em 2017. Os outros meninos do Centro receberam o novo amigo de braços abertos! Já brincam todos juntos e estão todos muito empenhados em ensinar a língua portuguesa ao pequeno Nataniel. Uma história de partilha tão bonita para este Natal!

O Centro de Dia é um projecto muito ambicioso em SLM que a UPG abraçou em finais de 2013. Oferece um programa totalmente personalizado e completo a crianças infetadas pelo HIV/SIDA numa zona de enorme incidência da doença. Por um custo anual de c.€30’757 ou €80/mês por criança em 2015, este programa garante uma nutrição adequada, controlo da medicação e assistência médica constante a 32 crianças. Com este Centro a UPG pretende aliviar a pobreza local e dar uma infância mais digna e saudável a crianças muito doentes. Com capacidade futura para 50 crianças, recebe 32 crianças diariamente em 2015. As crianças do centro continuam infetadas pelo vírus, mas estão mais roliças, acarinhadas, aptas a estudar e muito, muito brincalhonas!


Traga este projeto à área de responsabilidade social da sua empresa ou divulgue-o entre amigos. Contacte-nos para mais detalhes!


A UPG oferece este calendário festivo a todos os Amigos UPG desde 2011. Este ano, pode ainda imprimir uma versão por apenas 0.50€!

9 de dezembro de 2016

Dia 9: Terapias da fala alegram a Escolinha Flor da Infância

No final deste ano, a EFI recebeu por duas vezes uma visita muito especial de uma nova Amiga UPG, a Catarina. A Catarina é terapeuta da fala, vive em Moçambique e ofereceu-se como voluntária para dar formação primeiro às crianças e depois às professoras nesta área. A proposta foi muito bem-recebida pela UPG, pelas três professoras e pela nossa extraordinária Parceira Local, a querida “Vovó” Etelvina que assistiu entusiasta à formação. A mana Catarina vai passar a ser presença habitual na EFI, disponibilizando um fim-de-semana por mês para visitar a escolinha e estar com as professoras.

Com a ajuda da Catarina, as professoras aprendem novas técnicas e formas divertidas de ensinar e tornam-se mais capazes para poder ajudar os pequeninos que começam a falar e a formular as suas primeiras frases em português na Escolinha Flor da Infância! Ficou mais claro que a comunicação é muito importante e a forma como queremos transmitir é essencial para que quem nos ouve, entenda e compreenda cada palavra.

As Pré-escolas UPG são um motivo de alegria. A EFI em Xai-Xai, tal como a ESC na vizinha Chongoene, oferecem a crianças vulneráveis acesso diário a aulas onde estejam ocupadas, desenvolvendo as suas competências, hábitos de estudo e reduzindo a marginalidade em idade pré-escolar.

Por um custo anual de €95 por criança na EFI Escolinha Flor da Infância (Vila Marien Ngouambi em Xai-Xai) e €116 por criança na ESC Escolinha de Santa Catarina (Missão de Chongoene), a UPG financia 2 refeições por dia, material escolar, uniformes, e o apoio de professores e monitores especializados, sob a supervisão local da Vovó Etelvina (EFI) e da Irmã Hortência (ESC). E em 2017 vamos começar a financiar a nova Pré de SVP!


As Escolinhas UPG aliviam a pobreza local e promovem uma infância com educação para crianças pequeninas e muito carenciadas.


A UPG oferece este calendário festivo a todos os Amigos UPG desde 2011. Este ano, pode ainda imprimir uma versão por apenas 0.50€!

8 de dezembro de 2016

Dia 8: Oito anos a Crescer com a UPG

Ao fim de 8 anos, os afilhados UPG da Escolinha do André estão a crescer e a desenvolver-se. Os alunos frequentam a Escolinha diariamente até à 5ª classe e continuam a estudar a partir daí em Escolas públicas perto do local onde vivem, com o apoio da UPG e dos Padrinhos. As Irmãs Dominicanas no Xai-Xai asseguraram esta continuidade até este ano.

Em 2016, a UPG passou a assumir a responsabilidade direta pelos alunos “externos” da Escolinha do André. Acreditamos que a alteração nos permite acompanhar mais de perto as crianças, e dar um apoio mais personalizado na fase difícil em que muitos consideram o abandono escolar. Ao mesmo tempo, as Irmãs Dominicanas poderão dedicar a sua atenção exclusivamente às crianças da Escolinha do André.


O formato de apoio às crianças é focado na Educação. A anuidade do Apadrinhamento financiará matrículas, material escolar, despesas escolares, uniformes, guarda, bem como apoio extra à saúde e higiene conforme necessário. Temos 38 crianças no Crescer com a UPG e esperamos continuar a vê-los crescer com sucesso!

A UPG oferece este calendário festivo a todos os Amigos UPG desde 2011. Este ano, pode ainda imprimir uma versão por apenas 0.50€!

7 de dezembro de 2016

Dia 7: Linha MZ by UPG - Cores quentes que enchem o coração!

Este ano a UPG decidiu investir numa linha de Merchadinsing um bocadinho diferente. Inspirada nas cores e materiais moçambicanos, criámos a Linha MZ by UPG, uma linha artesanal, moderna e feita com carinho. Temos neste momentos quatro produtos, cestas grandes, clutches, pulseiras de madeira forradas a capulana e almofadas.

É uma linha cheia de cores quentes Africanas, que enchem o coração e 100% solidária! 100% das vendas (líquido de despesas da costureira em Portugal, etiquetas e packaging) reverte para as nossas 2500 crianças em Moçambique!

Ao longo do ano participámos não só no Spot Market Amoreiras como no Summer e Winter Market Stylista onde angariamos c. €3'000. Obrigada por nos terem dado esta oportunidade.

Compre já a Linha Mz by UPG aqui!

A UPG oferece este calendário festivo a todos os Amigos UPG desde 2011. Este ano, pode ainda imprimir uma versão por apenas 0.50€!

6 de dezembro de 2016

Dia 6: Aprender português de forma divertida em SVP!

Os voluntários “manos” Bernardo e Filipe tiveram muitas ideias e iniciativas durante o tempo que estiveram com a UPG no terreno. Uma das melhores foi a Semana Desportiva UPG - uma semana intensiva para aprender português com o incentivo do Desporto e a garantia de uma refeição quente, oferecida a todos os afilhados UPG em SVP. E correu tão bem!

"O programa das semanas desportivas começou da melhor forma. Tínhamos receio que fossem poucas crianças, mas ontem foram 75 e hoje 83, o entusiasmo superou as nossas expectativas. O principal objetivo destas duas semanas é ensinar português. A maior parte das crianças eram da 1ª à 4ª classe. Os mais velhos estiveram presentes para ajudar e estavam muito empenhados a dar-nos auxílio. Para além das atividades desportivas, desenvolvemos diversos jogos e atividades físicas. O almoço estava ótimo e as todas as crianças gostaram."
A UPG oferece este calendário festivo a todos os Amigos UPG desde 2011. Este ano, pode ainda imprimir uma versão por apenas 0.50€!

5 de dezembro de 2016

Dia 5. Edson Bila mais uma história de força para contar!

O Edson Bila, um afilhado novo da UPG em SVP, tem uma história triste mas muito corajosa. Desde muito novo o Edson sofre de um problema nos membros inferiores que o impossibilita de andar. Para não faltar às aulas este menino de 11 anos vai numa cadeira de rodas todos os dias sozinho para a escola. É um menino tranquilo, mas tristonho que sorriu muito com uma t-shirt amarela que a Mana Patricia A. (Direção da UPG) lhe ofereceu na sua visita em Outubro ao terreno. E ficou tao orgulhoso e contente quando descobriu que ia ter uma madrinha nova!
O Edson quer ser professor, “quando for grande”. Fala muito bem português e é um menino bem-comportado

A UPG oferece este calendário festivo a todos os Amigos UPG desde 2011. Este ano, pode ainda imprimir uma versão por apenas 0.50€!

4 de dezembro de 2016

Dia 4: Se a Miliona fosse Presidente

Numa atividade dinamizada na Sala de Apoio ao Estudo, perguntou-se aos afilhados o que gostariam de mudar no seu país, caso fossem Presidentes de Moçambique. Cada um escreveu uma composição, mas a da Miliona inspirou-nos de uma forma muito especial:

Se eu fosse Presidente de Moçambique mudaria tudo como construindo escolas, hospitais, bancos, lojas, Igrejas, estradas, pontes, mercados. Mudaria os preços nas lojas porque são muito elevados. Jardins.
  • Ia mandar fazer mais carteiras para as crianças se sentarem;
  • Aumentaria os professores nas escolas;
  • No intervalo, todas as crianças iam comer, porque muitas crianças orfãs que dormem na rua não comem nada, nem têm casa;
  • Construía casas para as crianças órfãs
  • Aumentaria os doutores nos hospitais;
  • E todas as pessoas devem ser tratadas com muito amor e carinho;
  • Aumentaria o número de hospitais, cada Província teria 10 hospitais e cada Distrito 5 hospitais;
  • E todas as mães/pais iam receber comida para dar para as crianças e para eles mesmos;
  • Nas Minas todos os trabalhadores iam receber melhor e aumentaria os materiais de trabalho: roupa apropriada para esse trabalho;
  • Aumentaria ainda os materiais para a pesca – redes de pesca Investia o dinheiro em bancos porque muitas pessoas não guardam o dinheiro nos bancos. Cavam covas, guardam o dinheiro e acabam por perdê-lo.


Nas duas escolas de SLM e SVP um total de 281 alunos frequentam as aulas de apoio ao estudo. A partir de 13€ por mês, por criança, conseguimos garantir diariamente um acompanhamento escolar adequado com reforço das disciplinas do português e da matemática por um monitor, e ainda um lanche que estimula a assiduidade dos alunos.

A UPG oferece este calendário festivo a todos os Amigos UPG desde 2011. Este ano, pode ainda imprimir uma versão por apenas 0.50€!

3 de dezembro de 2016

Dia 3: Um Vovô que é um exemplo de amor e coragem!

O ano de 2016 foi especialmente duro para as crianças UPG e as suas famílias baseadas no pólo do Chokwé. Zona maioritariamente rural onde não chove há mais de um ano, a seca prolongada impossibilita que vinguem produções agrícolas domésticas. Este contexto não permite às famílias carenciadas da região retirar da terra o pouco que têm para sobreviver.
A UPG não consegui ficar indiferente e a cada dia que passava e que os pedidos chegavam, não podíamos deixar de ajudar. 
Na visita da Direção ao terreno em Agosto-Setembro, a Joana P e a Anabela N, foram numa das habituais visitas às famílias com o Parceiro Local. Conheceram o vovô Simião também referenciado pelos voluntários Bernardo e Filipe que vive numa tenda recebida em 2013 após as cheias , rodeado de criacas há sua responsabilidade. Vivem no local uma das filhas com 2 crianças (Rafael de 8 anos e Márcia de 6 filhos anos) e um neto (Andrisse de 8 anos) que está ao cuidado dele após ter sido abandonado pela mãe.
Na distribuição seguinte a UPG autorizou que se entregasse uma cesta básica para estas crianças, perfazendo assim as 200 crianças que temos actualmente em SVP.
A UPG começou o Apadrinhamento em 2004 com 50 crianças. Passada mais de uma década apoiamos mais de 800 nas zonas de Xai- Xai, Chongoene e Chokwé. A cada criança é alocado um padrinho ou madrinha e garantido o acesso à escola e alimentação, seja com refeições na escola ou via cesta básica para o núcleo familiar. Além dos bens materiais, o Apadrinhamento que leva carinho e atenção a crianças muito carentes.
Um Pequeno Gesto anual de €140-€180 pode ser uma Grande Ajuda na vida de uma criança Moçambicana. Junte-se a esta comunidade!


A UPG oferece este calendário festivo a todos os Amigos UPG desde 2011. Este ano, pode ainda imprimir uma versão por apenas 0.50€!



2 de dezembro de 2016

Dia 2: Pão e bolos quentinhos em SLM

Em SLM todos os dias de manhã conseguimos sentir um cheirinho de pão e bolos quentinhos, acabados de sair do forno! A Irmã Antónia e alguns afilhados preparam tudo para que às 8h já esteja a sair a primeira fornada. As meninas mais velhas e responsáveis, levam os pães e os bolos num tabuleiro para lá dos portões da escola. Vão até ao Mercado ali ao lado, onde muitos fregueses já as esperam. O pão é rapidamente vendido, e os bolos vão pelo mesmo caminho. As meninas regressam para que dali a algumas horas voltem a repetir o processo, há clientes fixos que já contam com elas. 
O fabrico de pão e bolos começou com um investimento inicial da UPG como Curso Técnico em 2015. Atualmente, este curso é autossustentável e um sucesso entre as crianças e entre a comunidade que já só compra pão e bolinhos vindos da Escola. Algumas crianças já utilizam as receitas da Irmã Antónia para fazer os bolinhos em casa e venderem junto dos seus vizinhos. Este é o objectivo principal dos Cursos Técnicos – garantir que as nossas crianças adquirem competências para se autossustentarem sem terem de desistir precocemente de estudar, para poder ajudar a família.

A UPG oferece este calendário festivo a todos os Amigos UPG desde 2011. Este ano, pode ainda imprimir uma versão por apenas 0.50€!

1 de dezembro de 2016

Dia 1: Oito novas casas a alegrar um ano de seca

Este ano a UPG financiou a construção de oito novas casas a oito famílias do Programa de Apadrinhamento em S. Vicente de Paulo no Chokwé. A região, fortemente afetada pela seca do último ano e meio, é pautada pela construção precária de pequenas habitações feitas em matope (lama), que com o passar do tempo, se vão degradando. Muitas são as casas onde nas paredes faltam bocados, que as famílias tentam proteger com sacos, capulanas ou chapas, quando existem. A maioria está facilmente sujeita a assaltos e, quando chove, ficam inundadas e, em muitos casos, acabam por ruir. 


As irmãs Maria e Delfina, a Isaura, a família Williamo, a Sordência, o Nunes, a Neusia, o Assane, e o Andrisse receberam este ano uma nova casa financiada pela UPG. Uma casa de blocos, segura e resistente, onde podem passar a noite sem medo, ou enfrentar chuvas e ventos fortes sem que as paredes desabem sobre as crianças. Este ano a UPG aplicou nestas construções um total de c. 8.830€.

A provisão de alojamento é um pilar essencial complementar à atividade de Apadrinhamento da Um Pequeno Gesto, enquadrado na área de Infraestruturas. A construção ou recuperação de alojamento estende o auxílio da UPG para além da educação e da alimentação, complementando estes objetivos com um ambiente condigno para viver para toda a família. 
O Alojamento dá às crianças mais do que um teto. Com o apoio à reabilitação da casa, é concretizado o Direito à Alimentação e Habitação, conforme o pressuposto na Declaração Universal dos Direitos da Criança. Um lugar digno para albergar as crianças promove o seu desenvolvimento psicossocialsentimentos de proteção, conforto e segurança. 

A UPG oferece este calendário festivo a todos os Amigos UPG desde 2011. Este ano, pode ainda imprimir uma versão por apenas 0.50€!

Benvindos ao Calendário do Advento UPG 2016!


24 de novembro de 2016

Este Natal os seus 7€ educam pequeninos!

O Natal está  à  porta, este ano ofereça um presente diferente. Com apenas 7€ no sapatinho está a contribuir para que 1 pequenino, dos 4 aos 5 anos, possa frequentar a nova pré-escola de S. Vicente de Paulo um mês inteiro!!

Faça o seu donativo aqui: http://tinyurl.com/campanhanatal

16 de novembro de 2016

Segundas oportunidades que valem a pena!

O Maurício pertenceu ao Programa de Apadrinhamento da UPG na Escolinha do André, em Xai Xai mas, em 2014 saiu do Programa por não estar a frequentar a Escola como devia. No final do ano de 2015, a UPG ficou muito contente por saber que o Maurício não tinha deixado de estudar e estava a frequentar o curso técnico de 2 anos de Técnicas Laboratoriais em Chicumbane. Por ter voltado a estudar, a UPG decidiu dar-lhe uma segunda oportunidade e apoiá-lo novamente nos seus estudos. Graças à Câmara Municipal de Cascais, foi possível custear as despesas de material escolar e transporte. O Maurício tem tido excelentes resultados, com média de 16 valores e está agora a fazer um estágio no Centro de Saúde da Macia. Ficamos muito contentes por lhe termos dado esta oportunidade e muito orgulhosos com o seu desempenho, sobretudo porque está também a ajudar quem mais precisa!


8 de novembro de 2016

O Nataniel chegou ao Centro de Dia

Nas últimas semanas, o Centro de Dia ganhou um novo menino! O Nataniel tem 7 anos e em Outubro chegou ao Centro de Dia por ser um menino com HIV e que precisa de muito apoio. Com a crise e seca que se faz sentir, a mãe do Nataniel, também seropositiva, teve de procurar outros trabalhos para poder cuidar dos seus 3 filhos. O marido faleceu, e por isso a mãe é a única fonte de rendimento da família. O Nataniel e a mãe são acompanhados no Hospital do Carmelo, das Irmãs Vicentinas Filhas da Caridade, e agora chegou ao Centro de Dia, onde tem uma alimentação cuidada, acesso à escola, e pode brincar e estar com outros meninos.


O Nataniel não fala português, entrou este ano para que no próximo possa admitir a 1ª classe. Quando chegou ao Centro, o Nataniel tinha muita vergonha e era tímido, como não fala português, não brincava muito com as outras crianças. Os outros meninos do Centro receberam o novo amigo de braços abertos e não demorou muito a que se sentisse integrado. Brincam todos juntos e as outras crianças do Centro estão muito empenhadas em ensinar a língua portuguesa ao pequeno Nataniel. Uma história tão bonita, tínhamos de partilhar


27 de outubro de 2016

Geração de Rendimento em SVP - 2016

Chegamos ao fim desta lista, apresentando a mais nova das Mãma, a Anastância Choéque, com 32 anos. Os seus dois filhos Salomão e Daina Avelino estão com a UPG desde 2010 e 2015 respectivamente. O seu negócio é compra e venda de Biscoitos, Óleo, Açúcar e Royal numa banca à porta de casa.

Esperemos que tenham gostado de conhecer estas mulheres (e um papa) empreendedores, a quem a UPG ajuda a financiar pequenos negócios individuais, familiares ou comunitários, a fim de fomentar o empreendedorismo junto das comunidades rurais e contribuir para a independência económica familiar.

Apoiar a geração de rendimentos é contribuir para a melhoria das condições de vida de várias famílias. 

21 de outubro de 2016

Geração de Rendimento em SVP - 2016

Hoje a UPG apresenta a Angelina Mangulano, tem 38 anos e o seu filho Faustino está connosco desde 2013. O seu negocio é um pouco diferente das outras mamas uma vez que Angelina produz alguns dos produtos que vende. Numa banca em casa e no mercado, esta mamã vende Adubo, Sementes, Tomate, Alface, Cebola e Químicos. Boa sorte Mamã Angelina.

20 de outubro de 2016

Parabéns Bartolomeu

Bartolomeu, que foi Técnico e Bolseiro UPG, enviou-nos este testemunho que nos deixou muito orgulhoso. 

“Gostaria de aproveitar para comunicar que já terminei o curso que estava fazer na Universidade São Tomas Delegação de Gaza com sucesso, gostaria por meio desta endereçar os meus agradecimentos a UPG (Um Pequeno Gesto) pela ajuda que me foi dada e por terem acompanhado nos meus primeiros passos na Academia. 
Agradecer a toda comunidade da UPG cada um na sua singularidade.

Kanimambo Swinene. Bartolomeu Ângelo”

14 de outubro de 2016

Geração de Rendimento em SVP - 2016

Hoje é a vez da Mãma Amélia Zé Fanias tem 44 anos e tem dois filhos no programa de apadrinhamento de SVP, a Inocência e a Dulce António. O seu negócio é Compra e venda de Esparguete, Batata, Arroz, Óleo, Sabão e Cebolas numa banca à porta de casa. Vai ser um sucesso Mamã

10 de outubro de 2016

Geração de Rendimento em SVP - 2016

Hoje é o dia de apresentar a Mãma Judite Francisco Macain tem 41 anos e o seu negócio é compra e venda de Feijão, Amendoim, Açúcar, bebidas, Refresco, Caldo e pipocas numa banca á porta de casa. Rosa Macamo é a sua filha que está com a UPG desde 2014. Boa sorte Mãma

7 de outubro de 2016

Geração de Rendimento em SVP - 2016

Hoje a UPG apresenta o único Papa, Jaime Matcheque tem 52 anos tem um filho no apadrinhamento Valdo desde 2011. O seu negócio é Compra e vende de crédito para telemóveis. Boa sorte Papa. Que seja um sucesso.

4 de outubro de 2016

Geração de Rendimento em SVP - 2016

Hoje é a vez da Mamã Erma. A Mamã Erma tem 39 anos e está com a UPG há muito tempo, as suas filhas Finénia e Penina integram o programa de Apadrinhamento desde 2013, entre diversas atividades que desenvolve na escola de SVP, esta Mamã tem um papel muito importante na sala de Apoio ao estudo, pois é a seu cargo que está a tarefa de monitorizadas as aulas, em conjunto com o Técnico UPG Donaldo. O seu negócio é compra e venda de batatas. Temos a certeza que o negócio da Mamã Erma vai ser um sucesso. 

3 de outubro de 2016

Geração de Rendimento em SVP - 2016

A segunda Mãma deste novo grupo de geração de rendimentos é a Maria Ventina Govene tem 59 anos e é mãe do Lazario e da Mafita, que estão com fazem parte do Programa de Apadrinho da UPG. O seu negócio é Compra e venda de Feijão e Amendoim numa banca do mercado. Boa sorte Mãma


30 de setembro de 2016

Geração de Rendimento em SVP - 2016

A primeira mama da geração de rendimentos que apresentamos hoje é a Sarita Mateus. Tem 42 anos e é mãe do Hilário Manuel Machava, afilhado UPG, no Programa de S. Vicente de Paulo desde 2010. O seu negócio é a compra e venda de Bolachas, Doces, Pipocas e produtos para o cabelo, numa banca à porta da escola de SVP. Boa sorte Mamã Sarita!



22 de setembro de 2016

Obrigada Mozambikes

O Donaldo, o Cristóvão e o Orcídio receberam cada um uma bicicleta, oferecidas pela Mozambikes,  para os ajudar nas tarefas diárias da UPG!

A aquisição de uma bicicleta melhorou a qualidade de vida destes 3 jovens pois todas as distâncias que percorriam a pé, em dias de chuva ou muito calor, serão encurtadas e desempenhadas mais facilmente, contribuindo para que os três se sintam mais motivado e continuem a inspirar os jovens que acompanham.

Tanto o Donaldo, o Orcídio, como o Cristóvão poderão, com a bicicleta realizar visitas domiciliárias quando as crianças faltam às aulas, acompanhá-las ao posto de saúde quando estas necessitam e realizar visitas familiares semanais das crianças apadrinhadas pela UPG.




15 de setembro de 2016

O choque com a realidade Moçambicana...BANG!

"Primeiras impressões de Moçambique.... Primeiras impressões da verdadeira África...
É um lugar comum falar da terra vermelha, dos aromas quentes, das estradas sem fim e dos sorrisos… por todo o lado grandes sorrisos expressivos. Por mais lugar comum que estes aspetos sejam em testemunhos de visitantes estrangeiros, quando aterramos vindos “do outro mundo” no conforto da Europa, somos surpreendidos e os nossos sentidos são invadidos por sentimentos de ternura, de impotência, de culpa, de aventura e… de esperança. 

A estrada é longa, panorâmica com pessoas, aqui e ali, de Maputo para Chokwé. São centenas de todas as idades que vendem, trocam, e tentam sobreviver a partir de quaisquer meios que têm à sua disposição, nos passeios, nos autocarros, todos sobrevivem ao longo da estrada extensa e poeirenta. A vila de Chokwé – um pedaço de nenhures que ninguém escolhe visitar, mas um local onde muitos nascem, estudam em escolas subsidiadas, tal como as nossas escolas de SLM e SVP, e onde mais tarde regressam para visitar a família abandonada por um trabalho melhor na vizinha África do Sul. A beleza do oceano Pacífico situa-se a apenas 100kms de distância, mas as nossas crianças não poderiam viver mais afastadas dele, num local onde a terra não encontra a fugidia chuva, durante grande parte do ano, onde o gado é escasso e fraco em pastagens secas e a fome cresce a cada dia que passa.

BANG assim que chegamos a à escola de SVP, o sentimento é avassalador. Um total de 1000 crianças, 200 das crianças mais carenciadas, estão ao nosso cuidado; acabei de aterrar com o nosso voluntário responsável pela realização de um documentário Niko T. Saudações de completos estranhos; novos e idosos, elementos da equipa, crianças, freiras Vicentinas, que nos recebem como membros da família que há muito não veem; com beijos e abraços como se estivessem grande parte da sua vida à espera de nos reencontrar. E os nossos hábitos do mundo ocidental “civilizado” que nos mantêm a uma distância respeitosa, ficam esquecidos e retribuímos os abraços, e perguntamos pela saúde das crianças e queremos saber o que foi o almoço… Pegamos em crianças que nunca vimos antes, algumas reconhecemos a partir dos nossos extensos relatórios sobre as nossas ações de apoio, mas até ao momento eram nomes sem rostos, e eles fazem-nos festas na face e no cabelo. E é necessário tempo; tempo moçambicano… quente e infinito; apenas para dizer olá e ainda mais para dizer adeus. Será que nas nossas vidas preenchidas e ocupadas esquecemos a alegria e beleza de conhecer um novo ser humano?

Edson, BANG BANG, a força esquelética, frágil e encantadora deste rapaz de 11 anos que recentemente entrou no programa de Apadrinhamento UPG e cujo destino o colocou numa cadeira de rodas. O Edson vai todos os dias à escola sozinho, com a força dos seus magros e longos braços, contra o pó e o vento, e mostra-nos um sorriso tímido e orgulhoso quando, com espanto, o observamos no regresso a casa. Queremos segui-lo e fazer um documentário completo sobre ele. Neste momento penso na minha preocupação, durante o voo, em conseguir ligação à internet porque atualmente é totalmente impossível para um ser humano sobreviver 24 horas sem Whatsapp. 

Em seguida saímos de carro para o pequeno oásis situado perto da Escola de SLM. Romântico apesar da pobreza, este pequeno complexo das irmãs Vicentinas; com algumas árvores e machambas de vegetais que sobrevivem com dificuldade e pequenos edifícios; fica situado numa escola à qual dedico provavelmente 70% do meu tempo “livre”. Alimentar 800 crianças todos os dias, apadrinhar 170 destas crianças, colocá-las em aulas de apoio ao estudo, cursos técnicos, alguns poderão frequentar a universidade um centro de dia de VIH para 32, vamos envolver as mães e gerar rendimento familiar; infindáveis listas de projetos exaustivos nos quais quero sempre fazer mais, mais rapidamente, em maior número, para mais crianças; fornecer serviços mais essenciais, mais eficientes, mais, MAIS!!

Será que eu e a UPG vamos conseguir fazer mais …? Será que é necessário fazer mais …? Será que menos é suficiente …? Será que mais NUNCA será suficiente…?


Dormir, dormir e esquecer… esquecer os mosquitos e a adrenalina, amanhã o dia começa às 05.50h …"